CONTEXTO

O programa CLDS3G tem por finalidade promover a inclusão social dos cidadãos através de ações, a executar em parceria, que permitam contribuir para o aumento da empregabilidade, o combate das situações críticas de pobreza, especialmente a infantil, e da exclusão social em territórios vulneráveis ou envelhecidos.

Enquanto entidade de referência na área do Emprego e Empreendedorismo, fomos convidados a delinear, coordenar e executar em conjunto com diferentes parceiros sociais, (Câmara Municipal de Cascais, Fundação Champagnat, Juntas de Freguesia de Alcabideche e S. Domingos de Rana) uma estratégia de intervenção integrada e concertada para os próximos 3 anos, nas freguesias de Alcabideche e S. Domingos de Rana, territórios especialmente afetados pelo desemprego.

Acompanhe as atividades do projeto CLDS Invest3Gerações na nossa página de facebook

Folheto de divulgação do CLDS3Gerações

Cartaz de divulgação do CLDS3Gerações

 

OBJETIVOS E ATIVIDADES

EIXO 1 – EMPREGO, FORMAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

Objetivo – Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego

Atividade 1 – Desenvolvimento do potencial de empregabilidade em articulação com as respostas de emprego já existentes no território

Atividade 2 – Apoiar a descentralização/criação de respostas de emprego

Atividade 3 – Apoiar o desenvolvimento de respostas alternativas de emprego e qualificação

Atividade 4 – Facilitar o Programa Literacia (Competências adquiridas ao longo da vida) – Articulando com CQEP e estabelecimentos de ensino

Objetivo – Informar e encaminhar para oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas

Atividade 5 – Dinamizar Sessões de Orientação de Carreira sobre oportunidades de qualificação

Objetivo – Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território

Atividade 6 – Promover Sessões informativas (Medidas IEFP Apoio à Contratação para desempregados)

Objetivo – Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluem o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento da integração profissional

Atividade 7 – Agilizar um circuito/interface de comunicação entre serviços/gabinetes ligados à orientação escolar e profissional e o tecido empresarial – em articulação com GEMTE

Atividade 8 – Contribuir para a Orientação Vocacional  e Profissional de Jovens – Articulação com Agrupamentos de Escolas, SPO, Projetos Locais, GIP

Objetivo – Apoiar o enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico

Atividade 9 – Identificar potenciais empreendedores das Freguesias de Alcabideche e S. Domingos de Rana

Atividade 10 – Identificar potenciais iniciativas empreendedoras das Freguesias de Alcabideche e S. Domingos de Rana para apoio técnico a projetos – start point

Objetivo – Sensibilizar os empresários, as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização de medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social

Atividade 11 – Sessões dirigidas para organizações sociais e empresas locais – articulação com GEMTE

Atividade 12 – Contribuir para o desenvolvimento de Ações Integradas e à Medida

Objetivo – Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa

Atividade 13 – Ações de Sensibilização/Informação na área do empreendedorismo e auto-emprego – (sempre que possível em articulação com outras entidades e estabelecimentos de ensino)

Atividade 14 – Apoiar o desenvolvimento de projetos/Ideias que surjam no âmbito das PAP e que possibilitem potenciar recursos do território.

Objetivo – Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade

Atividade 15 – Promover e apoiar ao nível das estratégias de Marketing e Comunicação

EIXO 2 – INTERVENÇÃO FAMILIAR E PARENTAL, PREVENTIVA DA PROBREZA INFANTIL

Objetivo – Estratégias genericamente aplicáveis ao nível da qualificação das famílias, designadamente informação dos seus direitos de cidadania, desenvolvimento de competências dos respetivos elementos e aconselhamento em situação de crise

Atividade 16 – Atendimento psicossocial direcionado a famílias e indivíduos – em articulação com equipas DIIS da CMC

Atividade 17 – Acompanhamento de proximidade em contexto natural de vida

Atividade 18 – Programas de Competências Pessoais, Sociais, Parentais e Domésticas

Objetivo – Estratégias direcionadas para as crianças e jovens, promovendo estilos de vida saudáveis e de integração social, numa perspetiva holística e de envolvimento comunitário, nomeadamente ao nível da promoção: da saúde, do desporto, da cultura e da educação para uma cidadania plena

Atividade 19 – Workshops / Ateliers / Eventos / Encontros – dirigidos a jovens em articulação com outros interlocutores

Objetivo – Ações de informação e sensibilização que promovam o exercício da cidadania. Estratégias direcionadas para a mediação dos conflitos familiares, particularmente no caso de famílias com crianças, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e a proteção e promoção dos direitos das crianças e jovens

Atividade 20 – Sessões temáticas

Objetivo – Estratégias direcionadas para a mediação dos conflitos familiares, particularmente no caso de famílias com crianças, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e a proteção e promoção dos direitos das crianças e jovens

Atividade 21 – Formação a profissionais e atores da comunidade escolar

EIXO 3 – CAPACITAÇÃO DA COMUNIDADE E DAS INSTITUIÇÕES

Objetivo – Desenvolvimento de ações de apoio técnico à auto-organização dos habitantes e à criação/revitalização de associações, designadamente de moradores, temáticas ou juvenis, através de estímulo dos grupos alvo, de acompanhamento de técnicos facilitadores das iniciativas, e da disponibilização de espaços para guarda de material de desgaste e de apoio.

Atividade 22 – Fortalecimento de competências das organizações/grupos informais locais/voluntários/as

Atividade 23 – Prestar apoio técnico à realização de iniciativas locais que valorizem o território e a comunidade

Objetivo – Desenvolvimento de instrumentos facilitadores tendo em vista a mobilidade de pessoas a serviços públicos de utilidade pública, a nível local, reduzindo o isolamento e a exclusão social

Atividade 24 – Contribuir para o acesso a informação e serviços essenciais para a inclusão de pessoas de zonas mais isoladas geograficamente

RESULTADOS

Aceda aos relatórios para conhecer as atividades desenvolvidas no âmbito do projeto CLDS Invest3Gerações

·         2ºSemestre de 2016 – clique no link Relatório primeiros meses de atividade
·         1ºSemestre de 2017 – clique no link Relatório 1ºSemestre2017

  

FICHA TÉCNICA

Designação do Projeto: CLDS Invest3Gerações (Alcabideche e S. Domingos de Rana)

Código do Projeto: Lisboa – 06 – 4232 – FSE – 000015

Eixo Prioritário: Promover a inclusão social e combater a pobreza e discriminação

Objetivo Temático: Promover a integração social e combater a pobreza e qualquer discriminação. Inclusão ativa, com vista à promoção da igualdade de oportunidades e da participação ativa e a melhoria da empregabilidade; social e combater a pobreza e discriminação

Região de intervenção:  Lisboa / Cascais (Alcabideche e S. Domingos de Rana)

Entidade beneficiária: SEACOOP – Social Entrepreneurs Agency, CRL

Data da aprovação: 05-08-2016

Data de inicio: 01-09-2016

Data de conclusão: 31-08-2019 (a confirmar)

Apoio financeiro do Fundo Social Europeu: 434.267,79€

Breve descrição do projeto: O CLDS Invest3Gerações ambiciona promover de forma integrada o desenvolvimento socioeconómico local, apostando no fortalecimento de processos que contribuam para o aumento da empregabilidade no território. Pretende-se, em parceria com organizações concelhias, combater situações de exclusão, capacitando indivíduos, famílias, grupos e organizações, rentabilizando recursos e serviços tendo em vista a igualdade de oportunidades, a inclusão e a coesão social.